Resultado da pesquisa “Avaliação de Impacto Socieconômico da Certificação Digital no Brasil” é apresentado

Foram apresentados, na última sexta-feira, 16, os resultados da pesquisa “Avaliação de Impacto Socieconômico da Certificação Digital no Brasil”, estudo produzido pelo Departamento de Engenharia do Conhecimento – Núcleo de Estudos em Inovação, Gestão e Tecnologia da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI.

A pesquisa teve por objetivos principais realizar um mapeamento da situação atual da certificação digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil no país, identificar e definir as dimensões de mensuração do impacto da certificação, propor um modelo de análise de impacto e identificar potencialidades e adversidades da certificação digital. O estudo teve como base publicações acadêmicas e questionários direcionados à usuários e gestores de aplicações que fazem uso de certificação digital ICP-Brasil.

A reunião, realizada na sede do ITI, contou com a participação de representantes das UFSC por meio de videoconferência. O assessor técnico do ITI, Ruy Ramos, deu início aos trabalhos abordando a importância do estudo. Em seguida, o professor da UFSC, dr. João Artur de Souza, fez a apresentação dos resultados da pesquisa.

“O estudo vem comprovar algumas das falas do ITI e traz subsídios para que o Instituto monte planejamentos estratégicos”, destacou Souza. O estudo “Avaliação de Impacto Socieconômico da Certificação Digital no Brasil” está dividido em seis capítulos principais. Acesse a pesquisa completa.

 

 

 

  • Acesso à Informação
  • Transparência Pública
  • Untitled 1
    Parceiros 
  • 27180 220098 logonew300ppiblue
  •  
  • Theadercripto
  •  
  • odfalliance